7 dicas para praticar atividades físicas em casa

Em tempos de pandemia de Covid-19, a atividade física ganha ainda mais importância. Praticar exercícios fortalece o sistema imunológico, ajuda a proteger a saúde cardiovascular e até melhora o humor. Ou seja: é uma tarefa indispensável para enfrentar o distanciamento social com mais qualidade de vida.

Como fazer atividade física sem sair de casa

Ficar em casa continua sendo a melhor estratégia para se prevenir do coronavírus. Por isso, aqui vão algumas dicas para você manter a rotina de treinos mesmo estando longe da academia.

1. Estabeleça um horário fixo

O ambiente doméstico pode ser um gatilho de preguiça. A televisão e o sofá da sala são bem convidativos, né? Portanto, tenha disciplina. Faça de conta que você marcou uma reunião de trabalho inadiável, por exemplo. A hora da atividade física deve ser um compromisso obrigatório da sua agenda.

2. Ajeite o espaço

Um cenário apropriado também colabora para criar o hábito do treino caseiro. Reserve um cômodo que será sua miniacademia. Afaste móveis, estenda um colchonete no chão e pendure um espelho na parede para observar seus movimentos. Se não tiver esses equipamentos, tudo bem. O importante é encontrar um lugarzinho confortável.

Dicas: 6 dicas para aumentar a imunidade

3. Escolha os exercícios

Selecione o treino que mais combine com seu objetivo. O YouTube está cheio de videoaulas para diversos fins: fortalecer os glúteos, melhorar o condicionamento cardiorrespiratório, definir o abdômen…

Na dúvida, converse com um profissional de Educação Física. Vários personal trainers atendem on-line e, inclusive, fazem lives dos exercícios pelo Instagram.

4. Aqueça os músculos

Lembre-se de que o corpo deve estar preparado. Isso evita cãibras e lesões durante os movimentos mais pesados.

Sempre comece a atividade física com uma caminhada, nem que sejam várias voltas em torno da mesa de jantar. Também é bom incluir agachamento livre, polichinelo ou outras séries que “acordem” os músculos.

5. Use vitamina E no pré-treino

Mango juice on the wooden floor table.

O nutriente garante mais resistência física, diminui a fadiga muscular e ainda ajuda a prevenir cãibras e distensões. Esse antioxidante natural é encontrado em cereais, castanhas e frutas como abacate, kiwi e manga. Você também pode utilizar um suplemento alimentar para obter a quantidade diária de vitamina E recomendada por nutricionistas.

Dica: O que comer no pós-treino?

6. Beba água

A ingestão de água deve ocorrer antes, durante e depois do treino. Ela serve para repor líquidos e sais minerais perdidos ao longo da atividade física. Assim, você mantém seu organismo funcionando corretamente, já que a desidratação compromete a função dos órgãos.

7. Potencialize os resultados

Exercitar-se em casa é apenas uma das etapas de uma vida saudável durante a quarentena. Essa rotina precisa estar associada a uma dieta balanceada, rica em vegetais, cereais e carnes. Os alimentos são fonte de fibras, proteínas e demais nutrientes necessários para o corpo.

Dependendo da intensidade dos exercícios, o pós-treino deverá incluir um suplemento proteico. Esse item auxilia no fortalecimento muscular e acelera a recuperação da energia.

Precisa de dicas? Então conheça os produtos da Viva Leve. Temos uma linha completa de suplementos e vitaminas para seu bem-estar. Acesse nosso site e confira!