Diferença entre os tipos de Whey Protein – concentrado, isolado, hidrolisado

Quem pratica exercícios de força, como musculação e crossfit, muitas vezes já tem o costume de acrescentar Whey Protein na rotina alimentar. Quem quer ganhar massa muscular precisa unir os exercícios corretos com a alimentação adequada, privilegiando o consumo de proteína.

Antes de falar sobre os diferentes tipos de Whey Protein, primeiro é preciso entender sua fonte. O leite de origem bovina possui 80% de caseína e 20% de proteínas do soro, que dão origem ao Whey Protein. O processo consiste na remoção da porção aquosa do leite durante o processo de produção de queijo.

Em seguida, o que vai diferenciar cada tipo de Whey Protein será a tecnologia utilizada no processo de filtragem do produto. As proteínas mais puras são mais facilmente absorvidas pelo organismo e são as mais caras devido ao processo de filtragem empregado na produção. As opções mais comuns são: concentrado, isolado, hidrolisado.

Benefícios do Whey Protein

– facilidade de absorção
– reparação de tecidos
– aminoácidos que colaboram com o anabolismo muscular.
– aumento de força
– fortalecimento do sistema imunológico
– produção hormonal

Diferença dos Whey Protein, (concentrado, isolado, hidrolisado)

Whey Protein Concentrada é a opção mais simples, que passa por menos processos de filtragem. Dessa forma, é possível conserva grande parte dos benefícios da proteína do soro. A Whey Protein Concentrada contém gorduras, minerais, carboidratos e lactose e, por isso, pode demandar mais tempo de digestão. Pode apresentar entre 30 e 90% de proteínas. Quanto menor a quantidade de proteína, maior a porcentagem de outros produtos, como lactose e gordura. Em questão de valores, esta é a opção mais econômica. Seu sabor é considerado o melhor dentre as três opções principais de Whey Protein.
Indicação: ideal para quem quer ganhar massa muscular e está com uma dieta de redução calórica.
Forma de uso: pode ser utilizada em qualquer horário do dia, como pós-treino, antes das refeições ou como preferir. Sua única contra indicação é para pessoas com intolerância à lactose.

Whey Protein Isolada passa por processo de filtração e conta com mais de 90% de proteínas em sua composição. Dessa forma, lactose, colesterol e gorduras são removidos do produto final e o produto é composto quase que unicamente de proteína. No entanto, pode conter a adição de flavorizantes e adoçantes, acrescentando carboidrato ao resultado final do produto. A Whey Protein Isolada é vista como uma opção completa por contar com todos os aminoácidos necessários em dietas equilibradas, levando aminoácidos aos músculos de forma rápida após os treinos, ajudando a manter a massa magra.
Indicação: ideal para quem quer construção muscular e foca em definir medidas. Recomendada para pessoas com intolerância à lactose. Utilizada por pacientes após a realização de cirurgias bariátricas.
Forma de uso: ideal para o consumo após treinos de média ou de alta intensidade.

Whey Protein Hidrolisada é a que apresenta maior absorção pelo organismo. As proteínas concentradas e as isoladas podem ser hidrolisadas. O processo tem como base a quebra das moléculas de proteínas em peptídeos menores. Essa quebra é feita através de processos químicos ou enzimáticos. Em comparação às outras opções, a proteína hidrolisada é mais aguada e conta com o sabor mais fraco.

Indicação: opção ideal para quem busca perder peso. Esta é a opção que tem as menores chances de provocar alergias alimentares, devido ao processo utilizado na produção.
Forma de uso: pode ser utilizada como pré ou pós-treino. Não apresenta nenhum tipo de contraindicação.

Não existe uma Whey Protein melhor ou pior. Na verdade, o que fará diferença no momento de escolha são os benefícios específicos de cada uma. Converse com seu personal trainer e com o um(a) nutricionista e explique quais são os seus objetivos. Dessa forma, será possível saber qual a melhor opção de Whey Protein para incluir na sua rotina alimentar e complementar os seus treinos físicos.

O processo de filtragem e a pureza são fatores que podem alterar o preço final do produto. No entanto, nem sempre a Whey Protein mais cara será a melhor opção.

Pesquise informações sobre a marca e peça indicações de quem já utilizou. Leia as informações do rótulo e observe a quantidade de proteína e de aminoácidos em cada opção antes de escolher qual comprar.