Diferenças entre os colágenos tipo I , II e Verisol

O que é e pra que serve?

O colágeno é uma Proteína estrutural produzida pelo nosso organismo, muito importante para o nosso corpo e está presente na pele, unhas, cabelo e articulações. Os sinais que adquirimos com a idade como: pele flácida, sintomas como artrose e perda muscular são causadas por uma redução da produção dessas fibras.

O corpo naturalmente vai deixando de produzir colágeno com o passar do tempo e o resultado disso é uma aparência envelhecida da pele, bem como desgaste muscular, os quais podem ser revertidos com o uso do colágeno ideal para cada indivíduo. A suplementação de colágeno proporciona ao organismo saúde, bem estar e longevidade.

No mercado encontramos os suplementos de colágeno tipo I, II e o Verisol. O colágeno tipo I e II na forma de peptídeos bioativos  são uma evolução do colágeno hidrolisado e eles conferem benefícios respectivamente para a saúde e estética da pele e reconstrução das articulações. Verisol é o nome comercial dos peptídeos bioativos de colágenos tipo I específicos para a pele , unhas e cabelos, sendo o principal colágeno presente nessas regiões, desenvolvido por uma empresa alemã chamada Gelita e também possui o maior número de estudos comprovando os benefícios para a saúde do organismo humano.

Hoje, encontramos suplementos de colágeno específicos para pele, músculos e articulações, por isso a importância de saber a real necessidade e procurar orientação com médico ou nutricionista para saber qual usar e  quando começar o uso do colágeno e também se é para manutenção da saúde ou tratamento específico.  Isso deve ser esclarecido antes da compra, para que seja adquirido um produto que atinja a finalidade de sua necessidade, como por exemplo, estimular a produção de colágeno para alguma região específica do corpo, ou direcionando a produção de proteínas para qualquer região do corpo.

O colágeno é uma proteína produzida por animais e humanos, mais conhecida como uma macromolécula produzida pelas células do nosso corpo sendo o principal responsável pela formação e sustentação dos nossos tecidos. Com o passar do tempo nossas células reduzem o ritmo dessa produção e o organismo continua tendo a necessidade de reposição de colágeno, Com o déficit de produção o corpo começa apresentar a flacidez da pele, aparência envelhecida, unhas fracas, dores nas articulações, perda de massa magra, portanto, como prevenção pode ser usado com 25 anos de idade e a partir dos 40 anos o colágeno deve ser usado como prevenção e tratamento.

O que é e pra que serve?

Para fabricação de suplementos, a proteína é extraída do couro e cartilagens de bovinos e suínos, no início da produção é isolado o colágeno do tecido escolhido como matéria prima e com o processamento ele passa a ser colágeno hidrolisado que se apresenta em pedaços menores chamados de peptídeos que são absorvidos mais rápidos pelo organismo, a partir deste, podem ser feitos peptídeos bioativos que também possuem uma facilidade de absorção e o melhor, conseguem atingir diretamente o ponto de necessidade do metabolismo.

As categorias mais conhecidas de suplementos de colágeno o hidrolisado que confere maior absorção mas não específico e os peptídeos bioativos específicos e com maior absorção Os peptídeos bioativos são divididos em colágeno tipo I ( atua na pele, unha, cabelo, músculos e celulite), o tipo II  atua nas cartilagens e articulações. No momento da escolha é um importante saber também se possui carboidratos, corantes, aromatizantes e adoçantes, que podem ser prejudiciais a saúde a longo prazo.

Colágeno tipo I (hidrolisado)

O colágeno hidrolisado é normalmente indicado como suplemento proteico  em dietas que necessitam de muita proteína e para perda de peso, sendo favorável o ganho de massa e ajudar na saciedade.

Os peptídeos bioativos foram desenvolvidos para tratamento específico , melhora a estética da pele e promove a reconstrução de cartilagens e articulações e o ganho de massa magra.

 Estudos recentes mostram a vantagem do uso de peptídeos bioativos que apresenta vários benefícios promovidos pelo colágeno tipo I e II nas áreas de nutrição, estética, dermatologia  e ortopedia.

O suplemento de colágeno hidrolisado é constituído através de proteínas de colágeno de origem animal, sendo muito parecido ao colágeno consumido dos alimentos, estimula a produção de proteínas para todo metabolismo, sendo indicado para ganho de massa e perda de peso.

Os peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado, também de origem animal, porém passa por processos de transformação enzimático que o deixa pronto para atuar no local de necessidade do metabolismo, é o mais abundante encontrado no nosso organismo, usado para fins estéticos. Os peptídeos de colágenos hidrolisados tipo I foram desenvolvidos por uma empresa alemã e ganhou o nome comercial de Verisol.

Colágeno tipo II

O colágeno tipo II é a proteína mais presente na região das cartilagens e articulações , o suplemento estimula a produção de colágeno para regiões que resistem a grandes pressões como olhos, cartilagens, articulações e discos invertebrais, portanto são indicados para tratamento de artrite e artose, com ação específica evitando a inflamação fisiológica existentes nas articulações  e cartilagens, a principal função desse colágeno é fornecer a estrutura das cartilagens e permitir os movimentos articulares e evitar o contato direto entre os ossos.

Colágeno Verisol

O colágeno Verisol é composto por peptídeos bioativos de colágeno que é uma molécula menor que a proteína , porém com eficiência, por ser pequena ao ingerir não precisa ser quebrada e concentra-se com mais rapidez nas regiões de necessidade, seus benefícios são: melhora da aparência da pele, inclusive após cirurgia bariátrica, diminui a flacidez e celulite, fortalece unhas, fortalece cabelo, ajudando no crescimento e brilho. A dose indicada é de 2,5g por um período de 8 semanas.

Normalmente é o público feminino quem mais procura suplementos como colágeno, mas quero dizer que traz os mesmos benefícios para o público masculino, inclusive pode ajudar no tratamento da calvice, artrose, problemas nas articulações e osteosporose. A escolha do colágeno para o homem parte dos mesmos princípios de quando for escolhido para mulheres, sempre buscar orientação de um profissional  e procurar ingerir a dose recomendada todos os dias e também ter uma alimentação equilibrada para melhor resultado.

Com o passar da idade o metabolismo do homem e da mulher diminui a produção de colágeno e para desfrutar de uma qualidade de vida saudável o suplemento de colágeno I e II ou Verisol podem ajudar na reposição e recuperação de danos causados no organismo pela falta de proteína.

Girlaine Keller – Nutricionista – CRN 2/ 8789

Pós graduada em Saúde Publica com Ênfase em Saúde da Família                                                Coach em Metabolic Balance

Gostou? Leia também: Porque o picolinato de cromo ajuda a emagrecer?