Por que consumir colágeno? Veja 5 benefícios!

Por que consumir colágeno? Veja 5 benefícios!

A preocupação das pessoas com a alimentação aumenta a cada dia. A população está buscando alimentos mais saudáveis e fitness, melhorando a qualidade de vida e promovendo mais saúde e bem-estar para o organismo.

Nesse sentido, o colágeno é um tipo de substância que está sendo cada vez mais procurado nos alimentos. O colágeno nada mais é do que uma proteína responsável por dar estrutura, firmeza e elasticidade à pele.

Ele pode ser naturalmente produzido pelo corpo, mas também é encontrado em alguns itens comestíveis. Carne, gelatina, suplementos alimentares (em cápsulas ou em pó) e cremes hidratantes são exemplos de produtos nos quais é possível encontrá-lo.

Mas você sabe por que deve consumir colágeno? Quando é indicado utilizá-lo? E como repor? Continue a leitura deste artigo, descubra todas essas respostas e veja 5 benefícios trazidos pela substância!

Quando utilizá-lo?

Uma dúvida muito comum sobre essa substância é: quando utilizá-la? Pode-se dizer que os suplementos devem ser adotados quando há baixa concentração de colágeno no corpo.

Essa circunstância é observada com a ocorrência de alguns sintomas, como: diminuição da espessura dos fios de cabelo, aumento da flacidez e perda de elasticidade da pele, aparecimento de rugas e linhas de expressão, surgimento de estrias, entre outros.

Ao observar o aparecimento de tais sinais, pode ser necessário o uso da suplementação de colágeno, buscando balancear seus níveis no corpo. Além disso, a partir dos 50 anos, o organismo humano passa por uma brusca redução na produção da substância.

Esse é um dos principais motivos que levam as pessoas a terem uma aparência mais envelhecida, com a pele seca e enrugada. Sendo assim, o uso de suplementos de colágeno pode retardar um pouco esse processo. Mas não se esqueça: é preciso contar com acompanhamento médico e nutricional.

Quais as principais vantagens de se consumir colágeno?

Existem diversos benefícios de se consumir colágeno. É possível prevenir o aparecimento de celulites, fortalecer as unhas e o cabelo, diminuir o surgimento de estrias, aumentar a elasticidade da pele e prevenir/retardar o surgimento de rugas ou linhas de expressão.

Além de usar fontes externas, porém, devemos nos preocupar com a produção dessa substância pelo nosso organismo. É preciso garantir que o corpo produza o máximo de colágeno possível, uma vez que o consumo da produção natural é melhor do que o da suplementação.

Veja, a seguir, mais algumas vantagens de se consumir a proteína:

  1. Melhorar a firmeza e a elasticidade da pele

Consumir colágeno é excelente para melhorar a firmeza e a elasticidade da pele. Além disso, ocorrerá a hidratação e a regeneração da derme. Pode-se dizer, inclusive, que esse é um dos principais benefícios da substância.

As células permanecerão vivas e unidas. Isso favorece o processo de regeneração e hidratação da pele, além de ajudar a prevenir rugas e outros traços do envelhecimento.

  1. Sustentar a estrutura de algumas partes do corpo

Outra grande vantagem do consumo de colágeno é a possibilidade de prover a sustentação de algumas partes do corpo. Dentes, ossos, vasos, pele e até mesmo alguns órgãos podem se beneficiar.

Deve-se destacar, ainda, que as unhas e os cabelos são formados basicamente por proteínas. Assim, o fato de uma pessoa ingerir colágeno é fundamental para auxiliar a manutenção da estrutura das unhas e dos fios de cabelo, aumentando o brilho e a resistência deles.

  1. Proteger as articulações

A ingestão dessa proteína também é essencial para proteger as articulações, aumentando a resistência de cartilagens, ligamentos e tendões. Isso faz com que a suplementação com colágeno hidrolisado seja extremamente recomendada para atletas, principalmente após lesões.

Portanto, se você é uma pessoa que gosta de malhar, adotar a suplementação de colágeno pode ser de grande valia para o seu organismo. De acordo com alguns estudos, o consumo da substância hidrolisada gera uma melhora considerável nas articulações.

Após a ingestão de 10 gramas por dia, em 12 semanas, algumas pessoas apresentaram maior mobilidade nos joelhos e quadris. A maioria delas relatou menos dores nas articulações ao realizar exercícios e atividades rotineiras, que exigem certo esforço. Vale a pena fazer o teste, não é mesmo?

  1. Perder peso

Fazer uso dessa proteína também é crucial para a perda de peso. O colágeno hidrolisado, se ingerido antes das refeições, provoca o aumento da saciedade. Assim, é possível diminuir o apetite, fazendo com que se consuma uma quantidade menor de alimentos.

O aumento de massa muscular também é evidenciado a partir do momento em que se inicia o consumo dessa substância. Jovens por volta dos 20 anos, porém, não precisam buscar por uma dosagem extra. Apenas uma dieta baseada em alimentos que favoreçam a produção do colágeno já é extremamente suficiente para o organismo.

Entretanto, se você não possui hábitos muito saudáveis, é preciso atenção. Pessoas estressadas, fumantes e que abusam do consumo de doces e da exposição ao sol apresentam falhas precoces na produção da proteína. Em outras palavras, a dieta balanceada não será suficiente para suprir a quantidade ideal dessa substância.

  1. Cuidar da artrose

Por fim, a possibilidade de cuidar da artrose é mais uma das utilidades do colágeno. A medicina já reconhece que o consumo da substância hidrolisada pode provocar a melhora da cartilagem das pessoas.

Assim, quadros de doenças como artrose apresentam melhores respostas. Todavia, é preciso consumir essa proteína desde o início do tratamento, o que favorece o aumento da qualidade de vida.

É possível repor essa substância?

Para finalizar, destacamos que é possível, sim, repor o colágeno a partir de uma alimentação que contenha certa quantidade dessa substância. Alimentos como carnes vermelhas ou brancas, gelatina e geleia de mocotó são ricos na proteína.

O consumo diário dessas iguarias e/ou dos suplementos de colágeno hidrolisado será responsável por repor os níveis do organismo. O alerta final que damos é: consumir colágeno com alimentos ricos em vitamina C aumenta a sua absorção. Então, consuma laranjas, kiwis, abacaxis e mamão, por exemplo.

Mas não basta aumentar a ingestão desses itens. As carnes brancas e vermelhas, por exemplo, apresentam gorduras saturadas em suas composições. Um consumo excessivo pode causar danos à saúde e certo desequilíbrio alimentar.

Deve-se atentar, também, para o consumo por meio da suplementação. É preciso buscar por distribuidoras confiáveis e certificar-se de que o produto comprado seja de qualidade. Assim, você terá a certeza de que a mercadoria realmente será benéfica para a sua saúde.

Gostou desse artigo? Que tal compartilhar este conteúdo nas redes sociais e levar informação para seus amigos?